A Instituição O Portal Arquivo Editorial Directório Privacidade
 
 
 
 
 
 
 
Powered by:
www.xic.pt
 
 
 
Relatório do Banco de Cabo Verde - 14-05-2007

Clique para aceder ao Relatório ao Governo (Março 2007)

O relatório semestral do BANCO DE CABO VERDE (clique para aceder ao site) dá conta que as exportações líquidas de serviços, principalmente as provenientes do Turismo, ultrapassaram pela primeira vez na história da economia do país as Remessas dos Emigrantes (clique para aceder a quadro evolutivo).

imgSegundo Carlos Burgo, Governador do Banco Central, esta é “uma alteração estrutural da vida económica caboverdeana”, sendo que as exportações líquidas de serviços contribuíram em 20% para o PIB (Produto Interno Bruto), gerando mais receitas que o dinheiro que os emigrantes injectaram em Cabo Verde no ano passado. “As remessas dos emigrantes em 2006 foram inferiores às de 2005, mas temos que lembrar que 2005 foi um ano excepcional”, explicou Burgo.

Por outro lado, o Banco de Cabo Verde observou um abrandamento da actividade económica, devido à evolução do investimento privado nacional e do consumo, sendo que este último factor é influenciado pelos preços, que tiveram uma tendência altista causada pela inflação.

O banco central actualizou as suas previsões relativas à inflação, que deve sofrer um acréscimo entre os 2,5 e os 3,5%, contrariando assim as expectativas mais optimistas de Setembro passado que taxavam o Índice de Preços no Consumidor (IPC), entre os 0,5 e os 1,5%. Carlos Burgo explicou que este aumento pode ser influenciado pelo eventual mau ano agrícola sobre os bens não transformados e pela inflação a nível mundial.

Esclareceu ainda que a inflação se deveu ao choque externo causado pelo preço do petróleo. “Compreendo que tenha que se defender o poder de compra dos trabalhadores, mas a actualização salarial tem que ser moderada porque senão corremos o risco de perder a competitividade por aumentarmos o custo unitário do trabalho com os salários dos trabalhadores. E se perdermos competitividade, atrasamos o crescimento da economia”, sublinhou.

Aliás, a inflação teve em Março um aumento de 5,6%, em relação ao mesmo período do ano passado, reflectindo-se principalmente nos bens energéticos, alimentares transformados e industriais. Por outro lado, registou-se um decréscimo nos preços das passagens aéreas internacionais, na comunicação telefónica internacional e nas tarifas do transporte público.

imgO Banco de Cabo Verde prevê que, em 2007, o crescimento do PIB ficará entre os 6 e os 7%, devido às perspectivas do aumento do consumo e de expansão do investimento, nomeadamente do estrangeiro.

Acrescentou ainda que “o panorama é favorável na Europa, que influencia decisivamente Cabo Verde, pois lá estão os principais países emissores de turistas e de acolhimento de emigrantes cabo-verdianos”.

Verificou-se ainda entre Outubro de 2006 e Março de 2007, período analisado pelo BCV, o agravamento do défice comercial de bens, resultado do aumento das importações.

A acumulação de reservas externas do banco central e de activos externos líquidos dos bancos comerciais, produziu um crescimento de 3,4% na massa monetária, ou seja, na quantidade de moedas e dinheiro em circulação.

O BCV emitiu activamente Títulos de Intervenção Monetária, destinados à absorção de uma parte do excesso de liquidez existente no sistema bancário, combatendo assim as pressões altistas dos preços.

O Banco Central também deu conta da retoma da actividade creditícia junto do sistema bancário nacional, com um crescimento de 11% dos activos externos líquidos do sistema, desde Dezembro de 2006 até Março deste ano. O Crédito Interno Líquido aumentou 1,8%, daí que o Crédito Líquido ao sector público tenha diminuído, marcando assim uma evolução positiva do crédito à economia, que cresceu 4,1%, desde Dezembro.

Cumprindo os princípios do PSI (Policy Support Instrument), programa estabelecido pelo FMI, o BCV continuará a monitorizar a evolução das reservas externas, que chegam para 3,2 meses de importações e a gestão do diferencial entre as taxas de juro da zona euro, especialmente o Euribor, e as taxas das operações de intervenção do BCV, num contexto de subida das taxas nos mercados internacionais.

[03-05-2007] [ A Semana (on-line) ]

 
TECNICIL emite obrigações - [13-08-2007]
Maior empresa imobiliária de Cabo Verde recorre ao mercado de capitais para financiar novos projectos
 
III Encontro Internacional de Turismo de Cabo Verde - [12-08-2007]
III EITU (3, 4 e 5 de Outubro-Ilha do Sal)
 
Universidade Lusófona de Cabo Verde abre em Setembro - [12-08-2007]
Mindelo vai dispor de mais um estabelecimento de ensino superior
 
Grupo TECNICIL investe 130 milhões de euros - [06-08-2007]
Vila Verde Resort em Santa Maria (Ilha do Sal-Cabo Verde), lançada primeira pedra
 
CECV, um parceiro estratégico em Cabo Verde - [05-08-2007]
Caixa Económica de Cabo Verde
 
ENTREVISTA: TECNICIL-Sociedade de Imobiliária e Construções - [04-08-2007]
O segredo do principal promotor turístico de Cabo Verde "Olhar Cabo Verde de fora para dentro"
 
SIL convida Cabo Verde - [04-08-2007]
Salão Imobiliário de Lisboa conta com presença de Cabo Verde
 
Notícias breves - [16-07-2007]
 
Relatório do Banco de Cabo Verde 2006 (Extracto) - [15-07-2007]
 
Investimento estrangeiro em Cabo Verde representará, em 2007, metade do PIB - [28-06-2007]
600 milhões em 2007; 4.400 milhões até 2010
 
Notícias breves - [27-06-2007]
 
Cabo Verde: Estatuto Especial com a União Europeia - [12-06-2007]
Avanços decisivos até final de 2007
 
Cabo Verde «Ilhas da Morabeza» - [01-06-2007]
SOLTRÓPICO lança brochura turística sobre Cabo Verde
 
São Vicente/Santo Antão: Um circuito turístico alternativo - [15-05-2007]
Hotel Foya Branca/Hotel Pedracin Village
 
Relatório do Banco de Cabo Verde - [14-05-2007]
Cabo Verde, pela 1ª vez, lucrou mais com Turismo do que com as Remessas dos Emigrantes
 
José Maria Neves: «Estamos de portas abertas» - [14-05-2007]
Primeiro-Ministro lamenta fraco interesse português no sector turístico caboverdeano
 
São Vicente atrai investimentos - [14-05-2007]
 
Cabo Verde desperta interesse internacional - [11-05-2007]
Imobiliário e Turismo
 
«Formação e Novas Tecnologias em Cabo Verde: Que Presente? Que Futuro» - [24-04-2007]
Seminário * Lisboa, 11 de Abril de 2007
 
Cabo Verde não quer ser reconhecido como “off-shore” - [21-04-2007]
Praça Financeira caboverdeana faz "pausa para reflexão"
 
Notícias breves - [11-03-2007]
 
Presidente da CI-Cabo Verde Investimentos fala à Comunicação Social portuguesa - [02-02-2007]
Balanço de um ano de "Investimento Externo"
 
Cabo Verde: A nova fronteira do Atlântico Norte - [21-09-2006]
Exercícios da NATO em Cabo Verde
 
Cabo Verde em Ficha (2006) - [19-08-2006]
Resumo da Economia e do Enquadramento Legal